Fique por dentro

Siga nosso Twitter

Acesse nosso canal

Junte-se a nós no Facebook

Novo Acordo em favor da biodiversidade de Goiás

Conservação da biodiversidade do Estado é o objetivo da parceria entre a ONG Conservação Internacional e a Secretaria de Meio Ambiente de Goiás

Goiânia, 05 de janeiro de 2004 — a organização não-governamental Conservação Internacional (CI-Brasil) e a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH) do Estado de Goiás, através de um Acordo de Cooperação Técnica, vão realizar ações conjuntas para a proteção e conservação da biodiversidade do Estado. A CI-Brasil vai ajudar na definição de um sistema estadual de unidades de conservação, elaboração de lista de espécies ameaçadas de extinção no Estado e na capacitação de técnicos da Secretaria em Sistema de Informação Georeferenciada (SIG). O Estado de Goiás ainda possui remanescentes nativos valiosos do Cerrado que abrigam espécies endêmicas e ameaçadas de extinção. O bacurau-asa-de-telha (Caprimulgus candicans), considerado ameaçado tanto pelo IBAMA quanto pela União Internacional para a Conservação da Natureza-IUCN ocorre unicamente no Parque Nacional das Emas, no noroeste do estado. A tiriba-de-goiás (Pyrrhura pfrimeri), igualmente ameaçada de extinção, ocorre exclusivamente nas formações calcáreas do leste goiano e do Tocantins, nas bordas do vale do Paranã. O desenvolvimento econômico do estado tem que necessariamente levar em consideração a conservação do meio ambiente. Nós vamos apoiar o governo no desenho de estratégias de desenvolvimento sustentável cientificamente embasadas, explica Ricardo Bomfim Machado, diretor da CI-Brasil para o Cerrado. A CI-Brasil trabalha para a conservação do Cerrado desde 1998 quando apoiou o Ministério do Meio Ambiente e outras instituições na organização do Workshop de Ações Prioritárias para a Conservação da Biodiversidade do Cerrado e Pantanal, que definiu 87 áreas prioritárias para a conservação nos dois biomas e recomendou a implementação de corredores de biodiversidade como principal estratégia. A estratégia de corredores vem sendo adotada por governos e instituições especialistas em conservação da biodiversidade para vencer o isolamento das áreas protegidas, garantindo o trânsito de espécies por um mosaico de unidades ambientalmente sustentáveis. Assim, várias categorias de uso da terra compõem o esforço de conservação de um corredor, dentre elas: parques, reservas públicas ou privadas, terras indígenas, além de propriedades que praticam sistemas agroflorestais ou ecoturismo. Desde 1999, a CI-Brasil vem trabalhando para a implementação do Corredor de Biodiversidade Cerrado-Pantanal que compreende mais de 800.000 km2 nos Estados nos Estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. A CI-Brasil no estado de Goiás também atua no Vale do Paranã, onde desenvolve estudos de caracterização ambiental em conjunto com a Embrapa Recursos Genéticos, a Universidade de Brasília e as ongs Pequi e Funatura. A CI-Brasil tem parcerias semelhantes a que assinou com a SEMARH nos estados de Mato Grosso do Sul, Amazonas, Amapá e Pará como parte da estratégia da criação de corredores de biodiversidade. As parcerias com o poder público, sociedade civil e setor privado são fundamentais na promoção de ações de conservação efetivas. Este é o início de uma importante aliança inter-setorial em favor do Cerrado e esperamos, em breve, integrar os esforços de novos parceiros na conservação do bioma declara Angelo Machado, presidente da CI-Brasil. # # # A Conservação Internacional (CI) foi fundada em 1987 com o objetivo de conservar o patrimônio natural do planeta nossa biodiversidade global e demonstrar que as sociedades humanas são capazes de viver em harmonia com a natureza. Como uma organização não-governamental global, a CI atua em mais de 30 países, em quatro continentes. A organização utiliza uma variedade de ferramentas científicas, econômicas e de conscientização ambiental, além de estratégias que ajudam na identificação de alternativas que não prejudiquem o meio ambiente. A Conservation International tem sede em Belo Horizonte-MG. Outros escritórios estão estrategicamente localizados em Brasília-DF, Belém-PA, Campo Grande-MS, Caravelas-BA e Mineiros-GO. Para mais informações sobre os programas da CI no Brasil, visite www.conservation.org.br # # # Imagens e entrevistas estão disponíveis na Conservação Internacional

Rua Tenente Renato César, 78 – Cidade Jardim – CEP 30380-110

Belo Horizonte – MG – Brasil – Tel.: [31] 3261.3889

©2003 Conservation International do Brasil / Aviso Legal / Política de Privacidade